Banner Top
  1. Cavalgada 2018
  2. Equipe de apoio à Agropec – Trabalho duro e muita dedicação
  3. Agropecuária do Pará é a que mais se expande em 11 anos
  4. Soja: Mercado fecha negativo em Chicago com guerra comercial e projeção de boa safra nos EUA
  5. Ação rápida da Polícia prende mais de 50 criminosos que invadiram fazenda e aterrorizaram família no interior
  6. Secretária de Urbanismo de Paragominas inicia poda de árvores na cidade
  7. Como diferenciar a tristeza parasitária da tripanosomose bovina?
  8. Faculdade CNA está com inscrições abertas para os cursos de graduação a distância em agro
  9. Sistema Faepa/Senar é parceiro das obras na Bernardo Sayão
  10. Produção e exportação mundial de carnes deverá crescer em 2018
  11. Um panorama do agronegócio no Brasil
  12. Coleta seletiva e reciclagem reduz impactos ambientais em Paragominas
  13. CEPTIS e Embrapa assinam acordo de cooperação para projetos de rastreabilidade segura na soja
  14. Caminhoneiros discutem tabela do frete mínimo no STF
  15. Setor produtivo pede ao Ministério da Cultura mais incentivos ao Pará
  16. Proibição de embarques de gado vivo pode reduzir comércio com árabes
  17. Fretes altos seguram preços do milho
  18. Comissão da Câmara aprova projeto que flexibiliza uso de agrotóxico
  19. Soja de Paragominas (PA) já tem fluxo normalizado após paralisação dos caminhoneiros
  20. Representantes de classes, entidades e municipais de Paragominas, entram em acordo com lideres do movimento dos caminhoneiros
  21. SPRP participa de um dos maiores eventos da pecuária do País – InterCorte 2018
  22. CAR – Cadastro Ambiental Rural será validado diretamente pela Semma Municipal
  23. Palestra: “Apresentação da cidade – Infraestrutura urbana e geográfica”
  24. Prefeitura Municipal de Paragominas entrará com petição em defesa do emprego e renda na região
  25. Prefeitura de Paragominas assina Lei que regulamenta a criação de peixes exóticos
  26. Paragominas terá uma “Força Tarefa” na atividade de pecuária sustentável no município
  27. Relatório sobre defensivos agrícolas pode ser votado na próxima semana
  28. Triste Realidade. Mas… apenas mais um descaso com o Produtor Rural
  29. Diretoria do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas convoca reunião com representantes da Suzano Papel e Celulose para atender as demandas da vicinal do KM 204
  30. Licenciamento de bovinocultura, alteração das exigências.
  31. Soja: Preços no Brasil são 3º melhor da história, mas vendas agora são limitadas
  32. Representantes do setor Agro solicitam isenção do ICMS sobre o transporte de grão no Estado.
  33. Evento mais completo da indústria de ingredientes alimentícios da América Latina, Food ingredients South America (FiSA) 2018 traz novas atrações
  34. Pércio Barros de Lima – Especial 50 anos Agropec
  35. MST paralisam BR 010 próximo ao município de Ulianópolis PA
  36. Deputado Nilson Leitão: O “Morde e Assopra” do agro brasileiro
  37. Paraguai investe em portos e estradas para ‘roubar’ parte da safra brasileira
  38. Resultados do Projeto Biomas na Amazônia são publicados
  39. MPF instaura inquérito civil para apurar alagamento em Paragominas
  40. Núcleo de Apoio Empresarial promove reunião técnica com SEGUP e entidades ligadas ao Agro
  41. Governo do Estado entrega veículos a prefeituras para combater o desmatamento
  42. Projeto de lei municipal regulamenta cultivo de espécies exóticas em Paragominas
  43. Gestão pública e o “Movimento destrava Pará”
  44. Agropalma – Nota Oficial
  45. Paragominas participa do Tropical Forest Alliance em SP
  46. Justiça do Pará cumprirá reintegração de pose na fazenda Campo de Boi
  47. Maggi esclarece nova fase da Operação Carne Fraca e diz que população não corre risco
  48. Monitores para agricultura de precisão, práticos e intuitivos, facilitam operações no campo e melhoram resultados da produção
  49. Apenas 18% dos brasileiros estão com contas “no azul”
  50. BRF na berlinda com Operação Carne Fraca provoca danos à economia
  51. Aplicativo ajuda a planejar a alimentação do gado o ano todo Disponível para celulares com o sistema Android.
  52. Expectativa é de abertura de novos mercados para carne da América do Sul, diz Minerva
  53. O Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 destinará R$ 200 bilhões com juros menores para financiar a agricultura.
  54. Comissão aprova projeto que favorece integração da produção de peixes com agricultura
  55. Com medo de mudanças na Previdência, brasileiro se aposenta ainda mais cedo
  56. Soja: Preços sobem no Brasil nesta 2ª feira, mas produtores esperam novas altas para vender
  57. Disputa comercial China x EUA pode ampliar espaço e preços para soja do Brasil
  58. Pecuária tem aumento de 80% na produtividade nos últimos 40 anos
Terça-feira, Agosto 21, 2018
  1. Cavalgada 2018
  2. Equipe de apoio à Agropec – Trabalho duro e muita dedicação
  3. Agropecuária do Pará é a que mais se expande em 11 anos
  4. Soja: Mercado fecha negativo em Chicago com guerra comercial e projeção de boa safra nos EUA
  5. Ação rápida da Polícia prende mais de 50 criminosos que invadiram fazenda e aterrorizaram família no interior
  6. Secretária de Urbanismo de Paragominas inicia poda de árvores na cidade
  7. Como diferenciar a tristeza parasitária da tripanosomose bovina?
  8. Faculdade CNA está com inscrições abertas para os cursos de graduação a distância em agro
  9. Sistema Faepa/Senar é parceiro das obras na Bernardo Sayão
  10. Produção e exportação mundial de carnes deverá crescer em 2018
  11. Um panorama do agronegócio no Brasil
  12. Coleta seletiva e reciclagem reduz impactos ambientais em Paragominas
  13. CEPTIS e Embrapa assinam acordo de cooperação para projetos de rastreabilidade segura na soja
  14. Caminhoneiros discutem tabela do frete mínimo no STF
  15. Setor produtivo pede ao Ministério da Cultura mais incentivos ao Pará
  16. Proibição de embarques de gado vivo pode reduzir comércio com árabes
  17. Fretes altos seguram preços do milho
  18. Comissão da Câmara aprova projeto que flexibiliza uso de agrotóxico
  19. Soja de Paragominas (PA) já tem fluxo normalizado após paralisação dos caminhoneiros
  20. Representantes de classes, entidades e municipais de Paragominas, entram em acordo com lideres do movimento dos caminhoneiros
  21. SPRP participa de um dos maiores eventos da pecuária do País – InterCorte 2018
  22. CAR – Cadastro Ambiental Rural será validado diretamente pela Semma Municipal
  23. Palestra: “Apresentação da cidade – Infraestrutura urbana e geográfica”
  24. Prefeitura Municipal de Paragominas entrará com petição em defesa do emprego e renda na região
  25. Prefeitura de Paragominas assina Lei que regulamenta a criação de peixes exóticos
  26. Paragominas terá uma “Força Tarefa” na atividade de pecuária sustentável no município
  27. Relatório sobre defensivos agrícolas pode ser votado na próxima semana
  28. Triste Realidade. Mas… apenas mais um descaso com o Produtor Rural
  29. Diretoria do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas convoca reunião com representantes da Suzano Papel e Celulose para atender as demandas da vicinal do KM 204
  30. Licenciamento de bovinocultura, alteração das exigências.
  31. Soja: Preços no Brasil são 3º melhor da história, mas vendas agora são limitadas
  32. Representantes do setor Agro solicitam isenção do ICMS sobre o transporte de grão no Estado.
  33. Evento mais completo da indústria de ingredientes alimentícios da América Latina, Food ingredients South America (FiSA) 2018 traz novas atrações
  34. Pércio Barros de Lima – Especial 50 anos Agropec
  35. MST paralisam BR 010 próximo ao município de Ulianópolis PA
  36. Deputado Nilson Leitão: O “Morde e Assopra” do agro brasileiro
  37. Paraguai investe em portos e estradas para ‘roubar’ parte da safra brasileira
  38. Resultados do Projeto Biomas na Amazônia são publicados
  39. MPF instaura inquérito civil para apurar alagamento em Paragominas
  40. Núcleo de Apoio Empresarial promove reunião técnica com SEGUP e entidades ligadas ao Agro
  41. Governo do Estado entrega veículos a prefeituras para combater o desmatamento
  42. Projeto de lei municipal regulamenta cultivo de espécies exóticas em Paragominas
  43. Gestão pública e o “Movimento destrava Pará”
  44. Agropalma – Nota Oficial
  45. Paragominas participa do Tropical Forest Alliance em SP
  46. Justiça do Pará cumprirá reintegração de pose na fazenda Campo de Boi
  47. Maggi esclarece nova fase da Operação Carne Fraca e diz que população não corre risco
  48. Monitores para agricultura de precisão, práticos e intuitivos, facilitam operações no campo e melhoram resultados da produção
  49. Apenas 18% dos brasileiros estão com contas “no azul”
  50. BRF na berlinda com Operação Carne Fraca provoca danos à economia
  51. Aplicativo ajuda a planejar a alimentação do gado o ano todo Disponível para celulares com o sistema Android.
  52. Expectativa é de abertura de novos mercados para carne da América do Sul, diz Minerva
  53. O Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 destinará R$ 200 bilhões com juros menores para financiar a agricultura.
  54. Comissão aprova projeto que favorece integração da produção de peixes com agricultura
  55. Com medo de mudanças na Previdência, brasileiro se aposenta ainda mais cedo
  56. Soja: Preços sobem no Brasil nesta 2ª feira, mas produtores esperam novas altas para vender
  57. Disputa comercial China x EUA pode ampliar espaço e preços para soja do Brasil
  58. Pecuária tem aumento de 80% na produtividade nos últimos 40 anos

Representantes de caminhoneiros e dos setores industrial e do agronegócio voltam a se reunir, hoje (28), no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. Convocados pelo ministro Luiz Fux, eles tentam mais uma vez chegar a um acordo sobre o custo do transporte de cargas e a proposta de criação de uma tabela com valores mínimos de fretes.

É a segunda audiência presidida pelo ministro. Como não houve acordo no último dia 20, Fux estabeleceu um prazo até hoje (28) para que as partes cheguem a um consenso. Caso contrário, o próprio ministro decidirá o assunto após colher as sugestões de especialistas, durante audiência pública pré-agendada para o dia 27 de agosto.

A reunião, agendada para as 11 horas, começou com quase uma hora e meia de atraso. Além de representantes de caminhoneiros e das entidades que questionam a constitucionalidade da medida provisória que estabelece a tabela de frete mínimo para o transporte rodoviário, participam da audiência representantes da Advocacia-Geral da União (AGU), do Ministério dos Transportes e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (Antt).

O tabelamento do frete foi uma das reivindicações de caminhoneiros atendidas pelo governo federal, no fim do mês passado, para tentar pôr fim à paralisação que durou 11 dias e afetou diversos setores da economia.

Hoje, a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) informou à Agência Brasil que espera que os setores que contratam o transporte de carga se sensibilizem e apresentem uma proposta satisfatória para tentar por fim ao impasse. A entidade defende a implementação de valores mínimos de frete.

Já a assessoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI) voltou a se manifestar contrária a que o governo fixe preços mínimos para a realização do serviço.

A CNI é autora de uma das três Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) relatadas por Fux que questionam a constitucionalidade da chamada MP do Frete. Outras duas foram ajuizadas pela Associação do Transporte Rodoviário de Carga do Brasil (ATR Brasil) e pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Na semana passada, durante a primeira reunião no STF, a CNI defendeu que sejam estabelecidos valores de referências, não obrigatórios, a partir dos quais a contratação dos serviços possam ser negociados entre as partes.

Além da reunião com o ministro Luiz Fux, técnicos da Agência Nacional de Transporte Terrestre (Antt) conversam com representantes dos setores produtivos que contratam o transporte rodoviário e analisando as propostas de tabelamento apresentadas pela Federação dos Caminhoneiros Autônomos (Fecam) e pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam).

A Abcam afirma que as sugestões para a composição do valor do frete entregues à ANTT, no último dia 14, são compatíveis com a realidade do setor. A entidade, que diz representar cerca de 600 mil caminhoneiros autônomos de todo o país, filiados a uma das 54 entidades associadas, não está participando das negociações conduzidas pelo ministro Luiz Fux.

Favorável a algum tipo de tabelamento mínimo do frete, a Abcam confirmou à Agência Brasil que vem recebendo relatos de que empresas não estão cumprindo a tabela atualmente em vigor – a primeira, publicada originalmente no dia 30 de maio, e a que voltou a vigorar depois que a ANTT suspendeu a segunda versão, no dia 7 de junho.

Embora espere que o governo fiscalize o cumprimento da primeira tabela e oriente os caminhoneiros autônomos a denunciarem as empresas que se negarem a pagar o valor mínimo fixado para o frete, a associação disse entender que, enquanto o Supremo Tribunal Federal (STF) não julgar o assunto ou as partes chegarem a um acordo, o impasse vai persistir com prejuízos para todos, principalmente para os caminhoneiros autônomos. Segundo estes, os valores recebidos, muitas vezes sequer cobrem os custos da viagem, como manutenção do veículo, combustível e outros gastos.

Fonte: Agencia Brasil

 

 

Comentários Facebook
Banner Content