Banner Top
  1. Maior segurança para zona rural de Paragominas e Região
  2. Sem votação de MPs, Receita Federal pode cobrar passivo do Funrural de produtores que ainda não aderiram ao PRR
  3. Senar/PA inicia etapa estadual do CNA Jovem
  4. Entenda o ESocial e a EFD-REINF no meio rural
  5. Sebastião Barbosa é o novo presidente da Embrapa
  6. PIB do agro deve crescer 1,7% em 2018
  7. Estimativa da produção animal aponta instabilidade
  8. Soja sobe mais de 2% na Bolsa de Chicago com excesso de chuvas atrapalhando a colheita nos EUA
  9. Tensão entre índios e madeireiros na aldeia Tekohaw
  10. Este é provavelmente melhor método para eliminar ervas daninhas e controle de peste na agricultura
  11. Circuito Agro Banco do Brasil em Paragominas
  12. Tambaqui de cultivo: produção e consumo em crescimento no país
  13. Governo estuda medida para ampliar geração de energia por usinas à biomassa
  14. Inventário Florestal Nacional revelará condição do bioma Cerrado
  15. Cursos atualizarão técnicos agrícolas na emissão de receituário agronômico
  16. Bezerreiros coletivos: quando e por que utilizar?
  17. Leite longa vida da Nestlé deixa de conter estabilizantes
  18. Sombra aumenta em 20% produção de embriões
  19. Baixa oferta sustenta recuperação dos preços da arroba
  20. Senar planeja novas estratégias para ampliar ações de Assistência Técnica e Gerencial aos produtores
  21. Agropec 2018 em números
  22. Novo sistema da Adepará vai agilizar o trabalho e gerar economia para produtores rurais
  23. Aprovado prazo que prorroga adesão ao Refis do Funrural
  24. Solução para fraudes em Laboratórios Agropecuários
  25. Senar planeja novas estratégias para ampliar ações de Assistência Técnica e Gerencial aos produtores
  26. Técnico formado pelo Senar desenvolve hortas em unidades prisionais da Paraíba
  27. Seca: produção leiteira cada vez mais escassa no Estado de Pernambuco
  28. Qual a permanência do selante de tetos aplicado na secagem?
  29. Mais conhecimento aos produtores de Paragominas e Região
  30. Julgamento de Animais – Premiando os melhores na Agropec 2018
  31. Prazo para Declaração do Imposto Territorial Rural (DITR)
  32. Cavalgada 2018
  33. Equipe de apoio à Agropec – Trabalho duro e muita dedicação
  34. Agropecuária do Pará é a que mais se expande em 11 anos
  35. Soja: Mercado fecha negativo em Chicago com guerra comercial e projeção de boa safra nos EUA
  36. Ação rápida da Polícia prende mais de 50 criminosos que invadiram fazenda e aterrorizaram família no interior
  37. Secretária de Urbanismo de Paragominas inicia poda de árvores na cidade
  38. Como diferenciar a tristeza parasitária da tripanosomose bovina?
  39. Faculdade CNA está com inscrições abertas para os cursos de graduação a distância em agro
  40. Sistema Faepa/Senar é parceiro das obras na Bernardo Sayão
  41. Produção e exportação mundial de carnes deverá crescer em 2018
  42. Um panorama do agronegócio no Brasil
  43. Coleta seletiva e reciclagem reduz impactos ambientais em Paragominas
  44. CEPTIS e Embrapa assinam acordo de cooperação para projetos de rastreabilidade segura na soja
  45. Caminhoneiros discutem tabela do frete mínimo no STF
  46. Setor produtivo pede ao Ministério da Cultura mais incentivos ao Pará
  47. Proibição de embarques de gado vivo pode reduzir comércio com árabes
  48. Fretes altos seguram preços do milho
  49. Comissão da Câmara aprova projeto que flexibiliza uso de agrotóxico
  50. Soja de Paragominas (PA) já tem fluxo normalizado após paralisação dos caminhoneiros
  51. Representantes de classes, entidades e municipais de Paragominas, entram em acordo com lideres do movimento dos caminhoneiros
  52. SPRP participa de um dos maiores eventos da pecuária do País – InterCorte 2018
  53. CAR – Cadastro Ambiental Rural será validado diretamente pela Semma Municipal
  54. Palestra: “Apresentação da cidade – Infraestrutura urbana e geográfica”
  55. Prefeitura Municipal de Paragominas entrará com petição em defesa do emprego e renda na região
  56. Prefeitura de Paragominas assina Lei que regulamenta a criação de peixes exóticos
  57. Paragominas terá uma “Força Tarefa” na atividade de pecuária sustentável no município
  58. Relatório sobre defensivos agrícolas pode ser votado na próxima semana
  59. Triste Realidade. Mas… apenas mais um descaso com o Produtor Rural
  60. Diretoria do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas convoca reunião com representantes da Suzano Papel e Celulose para atender as demandas da vicinal do KM 204
  61. Licenciamento de bovinocultura, alteração das exigências.
  62. Soja: Preços no Brasil são 3º melhor da história, mas vendas agora são limitadas
  63. Representantes do setor Agro solicitam isenção do ICMS sobre o transporte de grão no Estado.
  64. Evento mais completo da indústria de ingredientes alimentícios da América Latina, Food ingredients South America (FiSA) 2018 traz novas atrações
  65. Pércio Barros de Lima – Especial 50 anos Agropec
  66. MST paralisam BR 010 próximo ao município de Ulianópolis PA
  67. Deputado Nilson Leitão: O “Morde e Assopra” do agro brasileiro
  68. Paraguai investe em portos e estradas para ‘roubar’ parte da safra brasileira
  69. Resultados do Projeto Biomas na Amazônia são publicados
  70. MPF instaura inquérito civil para apurar alagamento em Paragominas
  71. Núcleo de Apoio Empresarial promove reunião técnica com SEGUP e entidades ligadas ao Agro
  72. Governo do Estado entrega veículos a prefeituras para combater o desmatamento
  73. Projeto de lei municipal regulamenta cultivo de espécies exóticas em Paragominas
  74. Gestão pública e o “Movimento destrava Pará”
  75. Agropalma – Nota Oficial
  76. Paragominas participa do Tropical Forest Alliance em SP
  77. Justiça do Pará cumprirá reintegração de pose na fazenda Campo de Boi
  78. Maggi esclarece nova fase da Operação Carne Fraca e diz que população não corre risco
  79. Monitores para agricultura de precisão, práticos e intuitivos, facilitam operações no campo e melhoram resultados da produção
  80. Apenas 18% dos brasileiros estão com contas “no azul”
  81. BRF na berlinda com Operação Carne Fraca provoca danos à economia
  82. Aplicativo ajuda a planejar a alimentação do gado o ano todo Disponível para celulares com o sistema Android.
  83. Expectativa é de abertura de novos mercados para carne da América do Sul, diz Minerva
  84. O Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 destinará R$ 200 bilhões com juros menores para financiar a agricultura.
  85. Comissão aprova projeto que favorece integração da produção de peixes com agricultura
  86. Com medo de mudanças na Previdência, brasileiro se aposenta ainda mais cedo
  87. Soja: Preços sobem no Brasil nesta 2ª feira, mas produtores esperam novas altas para vender
  88. Disputa comercial China x EUA pode ampliar espaço e preços para soja do Brasil
  89. Pecuária tem aumento de 80% na produtividade nos últimos 40 anos
Quinta-feira, Outubro 18, 2018
  1. Maior segurança para zona rural de Paragominas e Região
  2. Sem votação de MPs, Receita Federal pode cobrar passivo do Funrural de produtores que ainda não aderiram ao PRR
  3. Senar/PA inicia etapa estadual do CNA Jovem
  4. Entenda o ESocial e a EFD-REINF no meio rural
  5. Sebastião Barbosa é o novo presidente da Embrapa
  6. PIB do agro deve crescer 1,7% em 2018
  7. Estimativa da produção animal aponta instabilidade
  8. Soja sobe mais de 2% na Bolsa de Chicago com excesso de chuvas atrapalhando a colheita nos EUA
  9. Tensão entre índios e madeireiros na aldeia Tekohaw
  10. Este é provavelmente melhor método para eliminar ervas daninhas e controle de peste na agricultura
  11. Circuito Agro Banco do Brasil em Paragominas
  12. Tambaqui de cultivo: produção e consumo em crescimento no país
  13. Governo estuda medida para ampliar geração de energia por usinas à biomassa
  14. Inventário Florestal Nacional revelará condição do bioma Cerrado
  15. Cursos atualizarão técnicos agrícolas na emissão de receituário agronômico
  16. Bezerreiros coletivos: quando e por que utilizar?
  17. Leite longa vida da Nestlé deixa de conter estabilizantes
  18. Sombra aumenta em 20% produção de embriões
  19. Baixa oferta sustenta recuperação dos preços da arroba
  20. Senar planeja novas estratégias para ampliar ações de Assistência Técnica e Gerencial aos produtores
  21. Agropec 2018 em números
  22. Novo sistema da Adepará vai agilizar o trabalho e gerar economia para produtores rurais
  23. Aprovado prazo que prorroga adesão ao Refis do Funrural
  24. Solução para fraudes em Laboratórios Agropecuários
  25. Senar planeja novas estratégias para ampliar ações de Assistência Técnica e Gerencial aos produtores
  26. Técnico formado pelo Senar desenvolve hortas em unidades prisionais da Paraíba
  27. Seca: produção leiteira cada vez mais escassa no Estado de Pernambuco
  28. Qual a permanência do selante de tetos aplicado na secagem?
  29. Mais conhecimento aos produtores de Paragominas e Região
  30. Julgamento de Animais – Premiando os melhores na Agropec 2018
  31. Prazo para Declaração do Imposto Territorial Rural (DITR)
  32. Cavalgada 2018
  33. Equipe de apoio à Agropec – Trabalho duro e muita dedicação
  34. Agropecuária do Pará é a que mais se expande em 11 anos
  35. Soja: Mercado fecha negativo em Chicago com guerra comercial e projeção de boa safra nos EUA
  36. Ação rápida da Polícia prende mais de 50 criminosos que invadiram fazenda e aterrorizaram família no interior
  37. Secretária de Urbanismo de Paragominas inicia poda de árvores na cidade
  38. Como diferenciar a tristeza parasitária da tripanosomose bovina?
  39. Faculdade CNA está com inscrições abertas para os cursos de graduação a distância em agro
  40. Sistema Faepa/Senar é parceiro das obras na Bernardo Sayão
  41. Produção e exportação mundial de carnes deverá crescer em 2018
  42. Um panorama do agronegócio no Brasil
  43. Coleta seletiva e reciclagem reduz impactos ambientais em Paragominas
  44. CEPTIS e Embrapa assinam acordo de cooperação para projetos de rastreabilidade segura na soja
  45. Caminhoneiros discutem tabela do frete mínimo no STF
  46. Setor produtivo pede ao Ministério da Cultura mais incentivos ao Pará
  47. Proibição de embarques de gado vivo pode reduzir comércio com árabes
  48. Fretes altos seguram preços do milho
  49. Comissão da Câmara aprova projeto que flexibiliza uso de agrotóxico
  50. Soja de Paragominas (PA) já tem fluxo normalizado após paralisação dos caminhoneiros
  51. Representantes de classes, entidades e municipais de Paragominas, entram em acordo com lideres do movimento dos caminhoneiros
  52. SPRP participa de um dos maiores eventos da pecuária do País – InterCorte 2018
  53. CAR – Cadastro Ambiental Rural será validado diretamente pela Semma Municipal
  54. Palestra: “Apresentação da cidade – Infraestrutura urbana e geográfica”
  55. Prefeitura Municipal de Paragominas entrará com petição em defesa do emprego e renda na região
  56. Prefeitura de Paragominas assina Lei que regulamenta a criação de peixes exóticos
  57. Paragominas terá uma “Força Tarefa” na atividade de pecuária sustentável no município
  58. Relatório sobre defensivos agrícolas pode ser votado na próxima semana
  59. Triste Realidade. Mas… apenas mais um descaso com o Produtor Rural
  60. Diretoria do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas convoca reunião com representantes da Suzano Papel e Celulose para atender as demandas da vicinal do KM 204
  61. Licenciamento de bovinocultura, alteração das exigências.
  62. Soja: Preços no Brasil são 3º melhor da história, mas vendas agora são limitadas
  63. Representantes do setor Agro solicitam isenção do ICMS sobre o transporte de grão no Estado.
  64. Evento mais completo da indústria de ingredientes alimentícios da América Latina, Food ingredients South America (FiSA) 2018 traz novas atrações
  65. Pércio Barros de Lima – Especial 50 anos Agropec
  66. MST paralisam BR 010 próximo ao município de Ulianópolis PA
  67. Deputado Nilson Leitão: O “Morde e Assopra” do agro brasileiro
  68. Paraguai investe em portos e estradas para ‘roubar’ parte da safra brasileira
  69. Resultados do Projeto Biomas na Amazônia são publicados
  70. MPF instaura inquérito civil para apurar alagamento em Paragominas
  71. Núcleo de Apoio Empresarial promove reunião técnica com SEGUP e entidades ligadas ao Agro
  72. Governo do Estado entrega veículos a prefeituras para combater o desmatamento
  73. Projeto de lei municipal regulamenta cultivo de espécies exóticas em Paragominas
  74. Gestão pública e o “Movimento destrava Pará”
  75. Agropalma – Nota Oficial
  76. Paragominas participa do Tropical Forest Alliance em SP
  77. Justiça do Pará cumprirá reintegração de pose na fazenda Campo de Boi
  78. Maggi esclarece nova fase da Operação Carne Fraca e diz que população não corre risco
  79. Monitores para agricultura de precisão, práticos e intuitivos, facilitam operações no campo e melhoram resultados da produção
  80. Apenas 18% dos brasileiros estão com contas “no azul”
  81. BRF na berlinda com Operação Carne Fraca provoca danos à economia
  82. Aplicativo ajuda a planejar a alimentação do gado o ano todo Disponível para celulares com o sistema Android.
  83. Expectativa é de abertura de novos mercados para carne da América do Sul, diz Minerva
  84. O Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 destinará R$ 200 bilhões com juros menores para financiar a agricultura.
  85. Comissão aprova projeto que favorece integração da produção de peixes com agricultura
  86. Com medo de mudanças na Previdência, brasileiro se aposenta ainda mais cedo
  87. Soja: Preços sobem no Brasil nesta 2ª feira, mas produtores esperam novas altas para vender
  88. Disputa comercial China x EUA pode ampliar espaço e preços para soja do Brasil
  89. Pecuária tem aumento de 80% na produtividade nos últimos 40 anos

Duas vezes por ano, em abril e outubro, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) publica um relatório com as expectativas de produção, exportação, consumo e estoques das proteínas bovina, de frango e de suíno no mundo.

1.Exportações.

Segundo o último relatório, a expectativa para 2018 é de que o comércio mundial de carne bovina cresça 5% chegando a 10,5 milhões de toneladas, o de frango aumente 2% (11,3 milhões de toneladas) e o de suíno 1% (8,3 milhões de toneladas) em relação a 2017.

Figura 1. Volume de carne bovina, de frango e suína comercializada no mundo, em milhões de toneladas.

Fonte: FAO / Elaboração: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

O aumento das exportações de carne bovina deverá ser impulsionado pela melhora na demanda global e pelos preços competitivos. A expectativa é de que importantes exportadores, como Brasil e EUA, aumentem as exportações, com preços menores.

Em 2018, para o Brasil a expectativa é de que o aumento chegue a 9%, resultado da demanda da China e de Hong Kong que deverão continuar crescendo já que a produção doméstica, estagnada, não é capaz de atender ao aumento do consumo.

Nos EUA, a alta deverá ser de 6% com o aumento da demanda da Coreia do Sul, Japão, México e Canadá.

Para a carne suína a expectativa é de que as exportações cresçam principalmente para a União Europeia, EUA e Canadá. Por outro lado, a expansão deve ser limitada devido ao investido na produção doméstica de carne de frango em importantes compradores como a China e devido a proibição da compra do produto brasileiro pela Rússia.

Figura 2. Importação global de carne suína, em volume (milhões de toneladas de equivalente de carcaça) eixo primário, e volume de carne suína importada pela China e Rússia em milhares de toneladas de equivalente de carcaça (eixo secundário).

Nos EUA, o crescimento esperado é de 5%, valor reduzido devido aos impactos das tarifas impostas pela China, que subiram de 24,3% para 50,7%, e que foi compensado com o aumento dos embarques para México, Japão e Filipinas.

Por fim, para a carne de frango, o crescimento não deverá ser expressivo devido às barreiras ao comércio do Brasil e EUA.

Os EUA, não podem exportar para a China devido a gripe aviária e o Brasil sofre com as restrições impostas pela Rússia e União Europeia. O crescimento deverá ocorrer devido à importação do Japão, Cuba, Hong Kong, Angola, Iraque e Gana.

Entre os exportadores, destaca-se a Tailândia e a Ucrânia. A expectativa é de que a Tailândia melhore em 7% as exportações chegando a 810 mil toneladas com forte demanda da Ásia e aumento das vendas para o mercado chinês. Já para a Ucrânia a expectativa é de alta de 18% (embarque de 310 mil toneladas) devido a demanda do Oriente Médio, União Europeia e Norte da África.

2.Carne bovina.

A produção global de carne bovina deverá ter crescimento anual de 2% em 2018, chegando a 63 milhões de toneladas, resultado do aumento da produção principalmente nos EUA, Brasil, Austrália e Argentina.

Figura 3. Volume de carne bovina produzida no mundo, em milhões de toneladas

No Brasil, a maior produção é resultado do aumento do peso de carcaça dos bovinos, maior demanda interna e melhora nas exportações. Já na Argentina, a seca que atingiu o país está obrigando os produtores a comercializarem o gado mais cedo para aliviar as pastagens e com isso, espera-se que com a maior taxa de abate ocorra melhora na produção.

Na Austrália, as condições climáticas adversas retardarão os esforços de reconstrução do rebanho, mas os pesos mais altos das carcaças aumentarão a produção.

Nos EUA, o aumento na produção deverá ser de 6% ou 663 mil toneladas de equivalente de carcaça, resultado da expansão do rebanho no país.

Tabela 1. Produção de carne bovina nos principais produtores, em milhões de toneladas de equivalente de carcaça.

Nota: A Índia inclui búfalos e a partir de 2015 foram excluídos os seguintes países: Albânia, Azerbaijão, Costa do Marfim, Geórgia, Gana, Jamaica, Senegal e Uzbequistão.

3.Carne suína.

A expectativa é de que a produção mundial cresça 2% em 2018 e chegue a 113,5 milhões de toneladas, resultado do incremento de 1,25 milhões de toneladas em equivalente de carcaça na China e de 0,55 e 0,37 milhões de toneladas nos EUA e na União Europeia, respectivamente. Esta é a maior taxa de crescimento da produção mundial dos últimos cinco anos.

Os investimentos na suinocultura na China e o aumento no número de matrizes na Polônia, Holanda e Espanha contribuem para este cenário. Além disso, os preços favoráveis em 2017, incentivaram a produção.

Figura 4. Produção mundial de carne suína, em milhões de toneladas de equivalente de carcaça.

Por outro lado, a enfraquecida demanda doméstica e as perspectivas de exportações desafiadoras, devido à demanda mais fraca na China e a valorização do euro, devem pressionar os preços em 2018.

Nos EUA, a expectativa é de que a produção aumente 5% em 2018, resultado do abate de suínos maiores e ganho de peso de carcaça.

A melhora na demanda interna e da exportação colaborou para a alta dos preços em 2017. O consumo per capita de carne suína nos EUA aumentou nos últimos três anos e espera-se que atinja 30 kg por pessoa em 2018, melhor resultado desde 2004. Além disso, a abertura de novos frigoríficos para abate de suínos resultou em melhora na demanda e nos preços.

Entretanto, com o aumento da oferta (segundo o relatório do USDA de março, a parição de suínos aumentou 2% no segundo trimestre de 2018 em relação ao primeiro), a expectativa é de queda de 9% nos preços para 2018 no país, o que deve impulsionar o consumo no México, maior comprador do produto americano, do Japão, Coréia do Sul e Canadá.

O cenário de maior oferta também está resultando em menores preços na China. Após vários anos de declínio no rebanho de matrizes, os investimentos nos dois últimos anos resultaram em aumento no fornecimento de suínos. Desde fevereiro os preços estão aproximadamente 10 yuan/kg menores que o custo de produção. Com margens pressionadas, o crescimento da produção pode ficar limitado nos próximos anos.

Na União Europeia, os bons resultados das exportações em 2017, colaboraram para o aumento na produção. Para 2018, a expectativa é de que a produção deverá crescer 375 mil toneladas e, as exportações cresçam 50 mil toneladas, o que resultará em maior oferta no mercado interno diante de um consumo per capita em queda na maior parte da Europa. Assim, a demanda doméstica fraca já está afetando a produção em partes da UE, especialmente na Alemanha.

No Brasil, tanto a produção como a exportação devem ser menores que o observado em 2017. A expectativa é de queda de 1,3% na produção e de 20,5% na exportação, resultado do fechamento do seu principal mercado, a Rússia, o aumento nos custos de produção e as consequências da Operação Carne Fraca.

Vale destacar, que a Rússia importou mais de 40% do produto embarcado ou 20% da produção brasileira. Assim, com as incertezas quanto as importações e maior oferta no mercado interno, os preços estão caindo e provocando a diminuição da produção.

3.1.Mercados em crescimento.

3.1.1. América Latina.

O consumo de carne suína está aumentando na América Latina, especialmente na Argentina, Colômbia, México, Uruguai e parte da América Central. Tradicionalmente, esses países possuem pequenas e ineficientes indústrias de suínos e preferem carne bovina. Entretanto, a combinação do maior preço da carne bovina e melhora no marketing da carne suína, vem resultando em aumento do consumo. Isso tem colaborado para o crescimento das importações principalmente do Brasil e dos Estados Unidos.

3.1.2.Ásia e Oceania:

O consumo de suínos também está crescendo na Ásia e na Oceania, resultado do crescimento da renda. A expansão da classe média vem aumentando a demanda por carne suína, em países como as Filipinas, é a carne preferida. As importações também estão crescendo no Japão, na Coréia do Sul e na Austrália. Em 2017, o consumo de carne suína cresceu 4% no Japão, a maior taxa dos últimos 10 anos e na Austrália, a expectativa é de que as importações cresçam 5% em 2018.

3.2.Preços.

Nos principais países produtores, o setor está em expansão. A forte demanda em 2017, resultou em maiores preços da carcaça, enquanto que o custo com a alimentação caiu, colaborando para aumento da margem dos produtores. Para 2018, a projeção é de estreitamento das margens por causa do aumento de preços dos alimentação que compõem a dieta.

O crescimento da produção em 2018, deverá ser liderado pela China com a recuperação do seu rebanho e nos EUA, Canadá e União Europeia devido a expectativa de aumento da exportação e de melhora do consumo interno na América do Norte. Contudo, a expectativa é de que o aumento da produção seja maior que o das exportações, o que deve resultar em preços em 2018, abaixo dos de 2017.

4.Carne de Frango.

A produção global deverá crescer 2% em 2018, chegando a 92,5 milhões de toneladas. Resultado da maior produção nos EUA, Brasil, Índia e União Europeia.

Na UE e na Índia, o impulso na produção é resultado do aumento no consumo doméstico.

Figura 5. Produção mundial de carne de frango, em milhões de toneladas.

Na UE, a produção deverá crescer 2%, chegando ao recorde de 19 milhões de toneladas em 2018, resultado principalmente do crescimento do consumo interno. Além disso, as exportações do país deverão crescer 3% chegando a 3,2 milhões de toneladas em relação a 2017.

Para o Brasil, a expectativa é de que a produção cresça 1,7% ou 225 mil toneladas. As quedas nos preços e os entraves enfrentados na exportação, são fatores que limitaram o crescimento.

 

Fonte: Scot Consultoria

 

Comentários Facebook
Banner Content